A função do bibliotecário no contexto cultural

sábado, 2 de abril de 2011


Bem, já que vamos falar sobre cultura cabe uma citação:

"A cultura, como temos visto, é uma produção coletiva, mas nas sociedades de classe seu controle e benefícios não pertencem a todos. Isso se deve ao fato de que as relações entre os membros dessas sociedades são marcadas por desigualdades profundas, de tal modo que a apropriação dessa produção comum se faz em benefício dos interesses que dominam o processo social. E como consequência disso, a própria cultura acaba por apresentar poderosas marcas de desigualdade... Cultura é o legado comum de toda a humanidade.".
Santos (1987)

O bibliotecário ou cientista da informação é mediador e preservador da cultura, pois atende as demandas de seus usuários de acordo com suas vivências e expectativas e lhes apresenta o que já foi produzido com intuito de fornecer subsídios para a criação de novos conhecimentos.

Sob outro ponto de vista, vimos que o bibliotecário atua nos três tipos de culturas apontadas por Santos (1987): a erudita, a de massa e a popular, sob esta perspectiva nota-se que o papel social do bibliotecário traz como atividades o incentivo, preservação, mediação e disseminação informação inserida em produtos culturais, sempre mantendo a imparcialidade e a ética no momento de seleção da informação.

Sabendo desse papel social, e trazendo à tona o termo Biblioteca (Significado etimológico: caixa de livros) que é vinculado ao nome do profissional que a representa, vamos fazer um exercício?

Observe a bibliotecário como objeto de uma pesquisa (não me levem a mal é só uma método de pesquisa social), e se possível respondam a nossa enquete.

 

Referência Bibliográfica

SANTOS, José Luiz Dos. O que é Cultura. 1ª edição São Paulo: Editora Brasiliense, 1987. (Primeiros Passos), p.70.

2 comentários:

Mel...belhinha disse...

Olá,
acredito que o bibliotecário tem uma função essencial na disseminação e na valorização da cultura!

Espero q todos estes profissionais tenham a consciência da importancia da exaltação de nossa cultura.

Equipe Periferia na academia disse...

Bom, o bibliotecário deveria ser entendido como um "cidadão do mundo com deveres e direitos mediante a sociedade"... Mas, acho que ainda somo vistos como alienígenas.
Nosso papel, o dos ditos "bibliotecários do futuro" é mudar esse estereótipo!

Parabéns pelo blog querida, está ótimo.